6 BONS MOTIVOS PARA ACREDITAR NO COMÉRCIO LOCAL DE JUQUIÁ

Sair de casa pela manhã, voltar à noite. Tentar encaixar as necessidades da casa e da vida pessoal (como ida à farmácia, ao pet shop, ao mercado) na correria é sempre um desafio. 
Com a rotina tão acelerada, não é de se espantar que o incentivo ao comércio local esteja crescendo cada vez mais. Em 2019.

1 – Tempo e praticidade
Comprar do comércio próximo é mais prático que se deslocar com compras de grandes centros em outras cidades vizinhas. Aquele sufoco de pegar ônibus com sacolas de mercado pode acabar quando optamos por comprar no mercadinho da rua de baixo. Além disso, se deslocar de carro custa muito mais do que ir a pé até a esquina.
Além da comodidade e praticidade, o tempo de ir até o pet shop ou farmácia é menor quando você aposta em estabelecimentos próximos de seus objetivos de compra.

2 – Economia
Há mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas no Brasil. Mas nem todo mundo sabe disso. Essas empresas são responsáveis por 27% do PIB do país. Ou seja, comprar do comércio local é estimular a economia do Brasil. Além de contribuir com o país, o consumidor também economiza do próprio bolso. Pagar estacionamento e gastar com combustível se deslocando para cidade vizinha gera mais ônus que bônus.
3 – E quando o dinheiro fica na cidade?
Comprar na sua cidade é ajudar na distribuição de renda, promovendo mais empregos e valorização de sua cidade.

 4 – Barganha 
É muito mais fácil negociar com um pequeno comerciante do que em grandes centros de compras, certo? O Seu Zé do mercadinho da esquina pode estar mais disposto a oferecer um bom desconto em espécie, por exemplo. E a Dona Luiza, que mora no prédio ao lado, provavelmente está interessada em comprar de quem dá desconto.

5 – Explorar sua cidade
Conhecer a história de sua cidade e daqueles que fazem dele uma comunidade é, sem dúvidas, uma vantagem do comércio local. Descobrir a história das pessoas, das casas, da arquitetura pode ser muito mais divertido com um bom passeio a pé.

6 – Fazer amigos
Frequentar o comércio local pode ser a ponte para fazer amizades com a vizinhança. É preciso estar aberto e ser receptivo tanto como consumidor quanto como vendedor.
Acreditar no comércio local é acreditar que o grande senso de comunidade vencerá. E que, apesar do cotidiano extremamente corrido, é possível aproveitar a cidade e sentir que fazemos parte de algo muito maior do que podemos imaginar.

Imagem: João Savioli | Fonte adapitada: www.boomee.com.br

Notícias mais recentes

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE) LANÇOU UM PORTAL DE INFORMAÇÕES TOTALMENTE VOLTADO PARA ORIENTAR OS EMPREENDEDORES

Logo na abertura do site, o usuário tem acesso a todos os canais de contato com o Sebrae para receber orientações diretamente de um consultor da sua área de atuação. Além disso, a página reúne as dúvidas mais frequentes sobre como lidar com a crise, com respostas elaboradas pelos técnicos da própria instituição.